Teste do desenho do relógio

Teste do desenho do relógio (TDR) (Sunderland et al., 1989)

 

Trata-se de um teste simples para avaliar funções executivas e habilidades visuo-especiais. Existem vários sistemas de pontuação, em geral aplicamos o proposto por Sunderland et al, 1989 (abaixo). Além do resultado final, a observação do tempo e das estratégias usadas pelo paciente para desempenhar a tarefa são muito informativos. Como qualquer teste neuropsicológico, cuidado especial deve ser dado para a correção pelo nível educacional.

 

Dê uma folha de papel em branco (tamanho A4), deixe que a pessoa escolha livremente o local a ser utilizado.

Diga ao paciente: “Desenhe um relógio com todos os números no mostrador e coloque os ponteiros marcando 2 horas e 45 minutos.”

Se, por iniciativa própria, ela achar que não ficou bem e quiser desenhar de novo, é permitido.

 

Pontuação: 

Relógio e número estão corretos 6-10 pontos
Tudo está correto 10
Leve desordem nos ponteiros (p. ex.: ponteiro das horas sobre o 2) 9
Desordem nos ponteiros mais acentuada (p. ex: apontando 2h20) 8
Ponteiros completamente errados 7
Uso inapropriado (p ex: marcação digital ou círculos envolvendo números) 6
Relógio e números incorretos 1-5 pontos
Números em ordem inversa, ou concentrados em alguma parte do relógio 5
Números faltando ou situados fora dos limites do relógio 4
Números e relógio não conectados; ausência de ponteiros 3
Alguma evidência de ter entendido as instruções, mas pouca semelhança com relógio 2
Não tentou ou não conseguiu representar um relógio 1